ondalva_ju_vini

A história do Instituto Auá, os primórdios do movimento pela agricultura orgânica no Brasil e o contato com os Grupos de Consumo Sustentável se entrelaçaram para dar origem à Banca Orgânica. A fundadora da ONG, Ondalva Serrano, é pioneira das primeiras feiras de venda diretas de orgânicos no país, fundadora da AAO – Associação de Agricultura Orgânica e defensora da agroecologia como a ciência baseada nas leis naturais que regem a vida e os cultivos.

Já no Instituto Auá, em 2013, os empreendedores Vinícius Santos Rocha e Juliana Carratu iniciaram a montagem do sonho da Banca Orgânica, buscando um caminho para unir a produção sustentável e o apoio aos agricultores familiares junto com as escolhas diárias do consumidor. Nascia o empreendimento, apoiado no papel dos Coletivos de Consumo que passam a contribuir com a cadeia de produção os alimentos.

Mas um tipo especial de alimento, aquele produzido pelos agricultores orgânicos, que trabalham a favor da terra, do solo e da natureza, organizados de forma familiar, no Cinturão Verde de São Paulo e municípios do entorno.

A Banca Orgânica implica em comida saudável, sem veneno no prato, e também em um sonho coletivo, em que produtores, sociedade civil, coletivos e VOCÊ ajudam a construir um mundo mais sustentável.

01-Nossa Historia